Globo escala Pedro Bassan para carnaval “Globeleza”

Pedro Bassan
Pedro Bassan integra cobertura do carnaval “Globeleza” em 2019 (Imagem: Reprodução / Globo

O carnaval “Globeleza” terá novidades este ano para os cariocas. O repórter Pedro Bassan assume a transmissão dos desfiles do grupo de acesso do Rio de Janeiro, ao lado de Mariana Gross, em substituição a Carlos Gil – agora correspondente na Ásia. Segundo informações do jornalista Flávio Ricco, Fátima Bernardes seguirá à frente da cobertura do grupo especial, tendo a companhia de Alex Escobar.

Pedro Bassan estreou no rádio, passando por estações como Bandeirantes, Jovem Pan e Record. Também passou pela ESPN Brasil, antes de chegar à Globo, em 1997. O jornalista se notabilizou na cobertura dos mais variados esportes, participando de Copas e Olimpíadas. Dez anos depois, foi escalado para substituir Sônia Bridi no escritório da Globo em Pequim. Posteriormente, seguiu para Lisboa.

De volta ao Brasil em 2012, Bassan se tornou repórter especial da editoria Rio; ao término das eleições de 2018, surgiu no vídeo, próximo à residência do presidente eleito Jair Bolsonaro, chamando a atenção do público ao se assustar com fogos de artifício disparados nas proximidades do local.

A Globo cobre o Carnaval desde o início de suas operações, em 1965. Em 1984, após um entrevero com Leonel Brizola, então governador do Rio de Janeiro, a emissora perdeu os direitos de transmissão para a Manchete, que liderou a audiência. Após este ano, que marcou a estreia do Sambódromo da Marquês de Sapucaí, a Globo nunca mais deixou de cobrir a folia.

Em 1991, surgiu a mulata Globeleza, personificada por Valéria Valenssa; hoje, Erika Moura ocupa o posto. A cobertura foi então rebatizada “Globeleza”. Além dos narradores, o canal dispõe de repórteres, comentaristas e convidados especiais, espalhados pela avenida e em camarotes. Mariana Gross, parceria de Pedro Bassan, chegou à festa em 2013. Fátima Bernardes assumiu a ancoragem do Grupo Especial no ano seguinte, contando com a parceria de Alex Escobar a partir de 2017.

Horário do “Vídeo Show” é disputado por duas apresentadoras na Globo

A Globo extingue o “Vídeo Show” na próxima sexta-feira (11). E o substitui, provisoriamente, pela “Sessão da Tarde”, pela dobradinha “Belíssima” (2005) – “Cordel Encantado” (2011) em “Vale a Pena Ver de Novo”, e por reprises de “A Grande Família” (2001). Porém, a medida é emergencial. A substituição definitiva pode envolver, segundo apurou o RD1, Fátima Bernardes e Fernanda Gentil.

Há tempos, cogita-se a transferência do “Encontro”, apresentado por Fátima pela manhã, para a faixa da tarde. O programa, que debate temas do cotidiano, estreou em 2012; após reformulações, encontrou estabilidade na audiência e avançou nas ações comerciais – de produtos alimentícios e de beleza a bancos.

Já Fernanda Gentil deixou o “Esporte Espetacular” em dezembro, migrando do jornalismo para o entretenimento. A emissora, porém, faz mistério com relação ao futuro da moça – destaque em coberturas ao vivo, como da Copa do Mundo da Rússia, não só pelas “habilidades jornalísticas”, como pela desenvoltura.

O post Globo escala Pedro Bassan para carnaval “Globeleza” apareceu primeiro em RD1.