Gustagol não impõe meta de gols e promete fazer sombra a Boselli

Em 2016, Gustagol chegou ao Corinthians como um dos artilheiros da Série B jogando pelo Criciúma. A empolgação em defender um dos maiores clubes do país rendeu até tatuagem, mas não terminou com um final feliz. O centroavante acabou emprestado, após sequer balançar a rede uma única vez.

Agora, tudo é diferente. Gustagol voltou ao Timão como campeão da Série B e dono da marca de 30 gols pelo Fortaleza. O próprio jogador se diz mais maduro. E talvez por isso já não caia mais em algumas tentações, como se impor uma meta pública de gols.

“Eu não posso falar que vou fazer 30 gols, mas posso falar que vou me doar ao máximo, quando estiver dentro de campo, para ajudar o Corinthians a conquistar os três pontos”, disse, ponderado e preocupado com as palavras, bem diferente do que se via em 2016.


Gustagol sabe que Mauro Boselli deve ser o titular na referência do ataque. Enquanto o argentino não chega – deve se apresentar dia 18 –, o jogador de 24 anos espera mostrar trabalho para se colocar à frente de Roger e Jonathas.

“Estou trabalhando forte nessa pré-temporada, vou procurar aproveitar da melhor maneira possível as oportunidades que eu tiver para cavar uma vaga na equipe”.

Apesar da satisfação pessoal com seu desempenho neste domingo, Gustagol sabe que poderia ter marcado dois gols se Vanderlei não operasse um verdadeiro milagre aos 25 minutos do amistoso na Arena Corinthians.

“Eu fui falar com ele, brinquei que era para ele ter deixado eu fazer dois gols. Mas ele foi muito feliz. Eu fiz meu papel, que era cabecear a bola, e ele também fez o dele, que era fazer a defesa. O importante é que o time fez um grande jogo e deixamos uma boa impressão”, concluiu o centroavante.

 

O post Gustagol não impõe meta de gols e promete fazer sombra a Boselli apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Advertisment ad adsense adlogger