Apresentador da Record morre em Santa Catarina um ano após demissão

31 Vistos
Record
Apresentador da Record veio a óbito (Imagem: Reprodução)

O apresentador Graciliano Rodrigues, de 65 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (22). Ele fez parte do time de jornalistas da Record em Santa Catarina, em uma filial da RIC TV, ao longo de 25 anos, e havia pedido demissão há um ano.

Na emissora, Graciliano comandou o “Jornal Meio Dia” em Itajaí. O ex-apresentador da Record estava internado na UTI há mais de dez dias, desde 9 de maio, e havia sofrido uma parada cardiorrespiratória, e veio a óbito por volta das 18h de ontem.

A informação foi confirmada pelo jornal O Município Blumenau, em contato com a assessoria do hospital. Antes de ir parar na UTI por causa da parada cardiorrespiratória, Graciliano Rodrigues já havia sofrido com problemas no estômago.

Saída de Graciliano Rodrigues da Record

O apresentador havia trocado a Record pela concorrência, a TV Brasil Esperança, ainda ano passado. Sua ida para a emissora estatal aconteceu depois que completou 25 anos na antiga casa.

A última vez que ele apareceu na TVBE havia sido no último dia 7 de maio, quando precisou se afastar para cuidar da saúde.

Record
Graciliano Rodrigues (Imagem: Divulgação / TV Brasil Esperança)

O post Apresentador da Record morre em Santa Catarina um ano após demissão apareceu primeiro em RD1.