May continuará como deputada no Parlamento após deixar cargo

Theresa May seguirá no Parlamento britânico
Theresa May seguirá no Parlamento britânico
Will Oliver / EPA / EFE / 12.6.2019

A primeira-ministra interina do Reino Unido, Theresa May, continuará como deputada no parlamento britânico depois que deixar definitivamente a chefia de governo e a liderança do Partido Conservador com a eleição de seu sucessor. no final de julho.

May antecipou nesta quarta-feira (12), na Câmara dos Comuns, sua intenção de continuar como parlamentar pela circunscrição de Maidenhead, no sul da Inglaterra, uma cadeira que ocupa desde 1997.

Leia também: Candidato a premiê britânico é criticado por evitar esclarecimentos

Seu predecessor na chefia de governo, o conservador David Cameron, renunciou ao seu assento na Câmara poucos meses depois de sua renúncia como primeiro-ministro do Reino Unido, enquanto o trabalhista Tony Blair abriu mão da sua no mesmo dia em que deixou o número 10 da Downing Street.

Outros exemplos

No entanto, outros chefes de governo britânicos, como Ted Heath, se mantiveram no parlamento décadas depois de deixar o poder.

Heath passou 26 anos como deputado depois de renunciar como líder conservador em 1975 e manteve uma famosa e tensa relação com sua sucessora Margaret Thatcher.

Cada vez é mais comum que os ex-primeiros-ministros do Reino Unido adotem um papel ativo e público depois da sua renúncia, longe da relativa tranquilidade da Câmara dos Lordes, onde costumavam seguir carreira.

O substituto de Theresa May será eleito dentre os dez candidatos conservadores que apresentaram sua candidatura na segunda-feira passada.

O favorito em todas as pesquisas é o ex-ministro das Relações Exteriores e ex-prefeito de Londres, Boris Johnson, que hoje reiterou seu compromisso para que o Reino Unido abandone a União Europeia (UE) impreterivelmente no dia 31 de outubro.

%d blogueiros gostam disto: