PM mata ajudante de pedreiro após briga de vizinhos em SP

Rua onde pedreiro foi morto pela PM
Rua onde pedreiro foi morto pela PM
Reprodução/Google Street View/20.07.2019

O ajudante de pedreiro Osvaldo Donizete da Silva, 53 anos, foi morto pela Polícia Militar após intervenção a uma briga de vizinhos em Pirituba, zona norte de São Paulo, na noite desta sexta-feira (19).

De acordo com a Polícia Civil, a PM foi acionada no local para atender uma ocorrência de ameaça e que Osvaldo estaria armado brigando com uma vizinha. Quando os policiais chegaram no local, no entanto, não encontraram nenhuma arma.

Leia também: Perseguição policial deixa quatro mortos na rodovia Dutra, em SP

Ainda conforme as investigações, os policiais encontraram o pedreiro com sinais de embriaguez, mas foram embora após aparentemente resolver a confusão. Pouco depois, a PM foi novamente acionada para atender novas ameaças.

Quando voltaram ao local, os policiais militares afirmam que foram recebidos a tiros e, no revide, acertaram Osvaldo. Ele chegou a ser socorrido e levado ao pronto socorro do Hospital Pirituba, mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil afirma que as armas dos policiais militares envolvidos na ação foram apreendidas, assim como celulares, o revólver calibre ponto 38 atribuído ao pedreiro e munições.

O DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) foi acionado e instaurou um inquérito policial para investigar o caso, que foi registrado como ameaça, lesão corporal, resistência, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e morte decorrente de intervenção policial.