The Good Doctor – O Bom Doutor: Conheça a síndrome de Savant mostrada na série

Síndrome de Savant é uma condição rara que transforma alguns indivíduos em gênios com capacidades extraordinárias. A série The Good Doctor começa na Globo e continua no Globoplay.

Sobre a série The Good Doctor – O Bom Doutor

Rede Globo exibe na Tela Quente desta segunda-feira (26) o telefilme The Good Doctor. O longa na verdade é um especial do Globoplay que condensa em cerca de duas horas os dois primeiros episódios da série médica americana de mesmo nome.

The Good Doctor é estrelada por Freddie Highmore, que ficou conhecido na TV americana por interpretar Norman Bates na cultuada série “Bates Motel”, que serviu de prólogo para o filme “Psicose”, clássico do suspense do cineasta Alfred Hitchcock.

Completam o elenco de The Good Doctoros atores Nicholas Gonzalez e Antonia Thoma. Os episódios exibidos no telefilme que vai ao ar na Tela Quente são dirigidos por Seth Gordon e Mike Listo.

Conforme foi adiantado  pela imprensa, a série The Good Doctor estreou no Globo Play no último dia 22 de agosto. Para divulgar o lançamento da primeira série americana no serviço de streaming, a Rede Globo resolveu juntar os dois primeiros episódios do seriado e transformar em telefilme, apresentando-o na Tela Quente.

A estratégia não é inovadora na emissora carioca. Para tapar buraco na programação em meio a Copa do Mundo, a Rede Globo já exibiu o Cine Globo Play, sessão que exibiu numa quarta e quinta-feira filmes nacionais produzidos pela Globo Filmes e presentes no catálogo do seu serviço de streaming. Além de tapar buraco na programação, a estratégia servia para divulgar o Globo Play.

Globo não pretende concorrer com Netflix: “há espaço para dois, três, fácil”

No telefilme, um jovem cirurgião diagnosticado com savantismo, um distúrbio psíquico raro, é recrutado para trabalhar na ala pediátrica de um hospital de prestígio. Apesar do seu incrível conhecimento na área da medicina, esse médico não consegue se relacionar com o mundo à sua volta. Resta saber se esta dificuldade será um problema na hora de salvar vidas.

The Good Doctor: O Bom Doutor vai ao ar na Tela Quente nesta segunda (27) após anovela Segundo Sol na Rede Globo.

A síndrome de Savant ou Síndrome do sábio porque Svant em francês significa sábio, é um distúrbio psíquico raro onde a pessoa possui graves défices intelectuais. Nesta síndrome, a pessoa tem sérias dificuldades em se comunicar, compreender o que lhe é transmitido e estabelecer relações interpessoais. No entanto, possui inúmeros talentos, principalmente ligados à sua extraordinária memória.

Esta síndrome é mais comum desde o nascimento, aparecendo frequentemente em crianças com autismo, porém também pode se desenvolver na idade adulta quando se sofre traumatismo cerebral, ou alguma virose com encefalite, por exemplo.

A síndrome de Savant não tem cura, mas o tratamento ajuda a controlar os sintomas e a ocupar o tempo livre, melhorando a qualidade de vida dos portadores da síndrome.

Principais características da síndrome

A principal característica da síndrome de Savant é o desenvolvimento de uma capacidade extraordinária em uma pessoa com deficiência mental. Essa capacidade pode estar relacionada com:

  • Memorização: é a capacidade mais comum nestes casos, sendo comum a memorização de horários, listas telefônicas e até dicionários completos;
  • Cálculo: são capazes de fazer cálculos matemáticos complexos em poucos segundos, sem utilizar papel ou qualquer aparelho eletrônico;
  • Habilidade musical: são capazes de reproduzir uma peça musical inteira após a ouvirem apenas uma vez;
  • Habilidade artística: apresentam excelente capacidade para desenhar, pintar ou fazer esculturas complexas;
  • Linguagem: conseguem compreender e falar mais do que uma língua, existindo casos em que desenvolvem até 15 línguas diferentes.

A pessoa pode desenvolver apenas uma destas capacidades ou várias, sendo que as mais comuns são as relacionadas com memorização cálculo e habilidade musical.

Como é feito o tratamento

Geralmente o tratamento para a Síndrome de Savant é feito com terapia ocupacional para ajudar no desenvolvimento da capacidade extraordinária do paciente. Além disso, o terapeuta pode ajudar a pessoa a melhorar as suas capacidades de comunicação e compreensão através da utilização dessa capacidade.

Além disso, pode ser necessário fazer o tratamento do problema que levou ao surgimento da síndrome, como traumatismos ou autismo. Dessa forma, pode ser necessária uma equipe de profissionais de saúde para ajudar a melhorar a qualidade de vida do portador da síndrome.

Fonte: Tua Saúde