• 27 de setembro de 2021 3:31 pm

Covid-19: São Luís e Mato Grosso do Sul começam reforço em idosos

A cidade de São Luís, no Maranhão, começou nesta quinta-feira (26) a aplicar a dose de reforço em idosos em instituições de longa permanência. O estado de Mato Grosso do Sul também realizará o procedimento, mas a partir de amanhã (27).

A capital maranhense foi a primeira cidade a adotar a terceira dose, voltada a pessoas com 70 anos ou mais. A prefeitura deu início à campanha prevista para imunizar 142 idosos que vivem em oito instituições de longa permanência. A partir de amanhã (27), vão receber a proteção adicional idosos com mais de 90 anos.

A faixa etária de 70 anos para a dose de reforço foi definida em diálogo entre Ministério da Saúde e secretarias estaduais e municipais de saúde. A mudança na diretriz do Programa Nacional de Imunizações foi anunciada ontem pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Devem ser convocados para a dose de reforço idosos que receberam a 2ª dose (ou dose única, no caso da Janssen) há pelo menos seis meses. A comissão técnica do PNI também decidiu que o imunizante da dose de reforço será a vacina da Pfizer.

Mato Grosso do Sul

O governo de Mato Grosso do Sul anunciou o início da aplicação da dose de reforço para esta sexta-feira (27). Também nesse caso, podem receber a proteção adicional aqueles que tiverem tomado a última dose há pelo menos seis meses. O início da vacinação depende da chegada de doses hoje ao estado.  

“Como em nosso estado estamos em processo avançado e já realizamos a imunização de um grande número de pessoas, inclusive nos adolescentes de 12 a 17 anos e tendo concluído em todos os municípios a imunização dos acima de 18 anos, queremos começar a aplicação da terceira dose a partir de sexta-feira (27)”, disse o secretário de Saúde do estado, Geraldo Resende, em live realizada ontem (25).

Goiás

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, anunciou que o estado também começará a imunizar os idosos em instituições de longa permanência na semana que vem. Ele não detalhou em que dia a aplicação deve ter início.

“Na sequência, vamos vacinar com dose extra por ordem decrescente de idade”, informou Caiado em sua conta no Twitter. Ele também não informou quando os demais idosos serão convocados para a dose de reforço.

São Paulo

O governo de São Paulo anunciou o início da aplicação da dose de reforço para o dia 6 de setembro. Serão convocados os idosos com 60 anos ou mais, ampliando o público definido pela comissão técnica do PNI.

Rio de Janeiro

O município do Rio de Janeiro anunciou para o período de 1º a 10 de setembro a aplicação da terceira dose da vacina contra covid-19 em idosos. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os primeiros a receber o reforço da imunização serão aqueles que moram em asilos ou abrigos e que tenham tomado a segunda dose há seis meses ou mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *