Video intimo e fotos de Lucas Paquetá jogador do Lyon e da seleção brasileira vazou na web. Meia ex-Flamengo e que defende o Lyon teve destaque entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta terça-feira

Meio-campista da Seleção Brasileira e do Lyon, Lucas Paquetá apareceu entre os assuntos mais comentados das redes sociais nesta terça-feira, após o vazamento de um vídeo íntimo que foi atribuído por internautas ao jogador.

Vaza suposto vídeo íntimo de Lucas Paquetá, jogador da Seleção Brasileira

As imagens circuladas são de 2018, época em que Paquetá defendia as cores do Flamengo. No conteúdo do vídeo, supostamente o atleta aparece se masturbando.

Até o momento, Lucas Paquetá não comentou a exposição. O meia está concentrado com a Seleção Brasileira, em San Juan, onde o Brasil – já classificado para a Copa do Mundo de 2022 – encara a Argentina pela 13° rodada das Eliminatórias Sul-Americanas

As imagens circuladas são de 2018, época em que Paquetá defendia as cores do Flamengo. No conteúdo do vídeo, supostamente o atleta aparece se masturbando.

Até o momento, Lucas Paquetá não comentou a exposição. O meia está concentrado com a Seleção Brasileira, em San Juan, onde o Brasil – já classificado para a Copa do Mundo de 2022 – encara a Argentina pela 13° rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.

Suposto vídeo intimo de Lucas Paquetá virou trending topics no twitter

O nome do jogador Lucas Paquetá ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter após ter um suposto vídeo íntimo vazado, nesta terça-feira (16). O compartilhamento das imagens, porém, pode configurar crime por infração ao direito de privacidade garantido pela Constituição.

O vídeo atribuído ao atleta mostra o que seria Paquetá mais jovem se masturbando em direção à câmera do celular. O assunto rapidamente se espalhou pela internet e “Lucas Paquetá” chegou a ficar no top 15 dos trending topics do Brasil, com 4.136 publicações com o termo.

Apesar de se tornar viral, o compartilhamento das imagens pode configurar crime baseado no artigo 5º da Constituição. O texto defende que que a pessoa tem direito à privacidade, intimidade e à liberdade. A pena para esses casos em que não há o consentimento da pessoa envolvida pode ser de um a cinco anos.

Lucas Paquetá está concentrado com a seleção brasileira na Argentina para o jogo desta terça-feira (16) pelas Eliminatórias para a Copa de 2022. Ele ainda não se pronunciou sobre o caso.

Fonte: Lance