Brasil x Quênia: veja onde assistir o jogo do Vôlei Feminino Tóqui 2020 Ao Vivo

Equipe de José Roberto Guimarães é a única invicta do torneio e assegura primeiro lugar com vitória.

Melhor equipe do torneio de vôlei feminino das Olimpíadas de Tóquio e ainda invicta depois de quatro partidas, o Brasil entra em quadra às 9h45 (de Brasília) desta segunda-feira para fechar a fase de classificação da competição e sob a possibilidade de assegurar o primeiro lugar no Grupo A. O adversário será o Quênia.

Você acompanha as Olimpíadas de Tóquio no SporTV e em tempo real no ge. Assinantes globoplay + canais também assistem tudo ao vivo!

Invicta na competição, a equipe de José Roberto Guimarães busca a liderança para não depender do sorteio no primeiro cruzamento das quartas de final. Somente os primeiros colocados das duas chaves possuem rival definido; no caso, os times que terminarem na quarta posição do grupo oposto.

Caso fique em segundo, possibilidade real em caso de derrota para as africanas e vitória da Sérvia sobre a Coreia do Sul em pelo menos quatro sets, o Brasil conheceria o rival após um sorteio. Foi o caso do time masculino, vice-líder do grupo e que vai encarar o Japão nas quartas de final.

Antes do início da última rodada, que será aberta ainda na noite deste domingo com Sérvia e Coreia do Sul a partir das 21h, o Brasil tem pelo caminho a Turquia.

Itália, Estados Unidos e Comitê Olímpico Russo são os outros times com passagem definida para o mata-mata no Grupo B e definem nesta última rodada a ordem dos classificados. China e Argentina estão eliminadas.

No grupo do Brasil, a equipe possui a companhia de Sérvia e Coreia do Sul entre as classificadas. Japão e República Dominicana, que se enfrentam às 7h40, definem o quarto colocado e último classificado.

Em situação tranquila na competição, a equipe brasileira ainda aguarda a recuperação de Macris, que sofreu uma entorse no tornozelo direito na partida contra o Japão, no último dia 29. Desde então, a levantadora titular se limita ao trabalho de fisioterapia e corre contra o tempo para ainda estar à disposição do time em Tóquio. O cenário é de confiança.

– Macris está bem. Já caminhou, fez exercícios, deu uma caminhada legal. Já fez coisas importantes. Ontem, eu fiquei com ela, Fernandinho, Roberta e a Ana até 00h10, 00h15. Ficamos brincando na fisioterapia. Queria dar uma olhada como ela estava. E ela estava muito positiva – declarou José Roberto Guimarães.

Do outro lado da quadra, o Quênia é comandado por um conhecido do vôlei brasileiro. Luizomar de Moura, um dos principais técnicos do país nas últimas décadas, dirige a equipe africana, que busca, no mínimo, se despedir do Japão com um set vencido.

Confira a tabela da última rodada da fase de grupos:

Grupo A

  • Sérvia x Coreia do Sul – 21h
  • Japão x República Dominicana – 7h40
  • Brasil x Quênia – 9h45

Grupo B

  • Estados Unidos x Itália – 23h05
  • Comitê Olímpico Russo x Turquia – 2h20
  • China x Argentina – 4h25