Brasil encara Japão por vaga na semi do vôlei masculino; veja onde assistir

Time comandado por Renan Dal Zotto estreia no mata-mata das Olimpíadas diante dos donos da casa.

Chegou o momento da decisão. A partir da 1h (de Brasília) desta terça-feira, a seleção brasileira masculina de vôlei começa a disputa direta por medalhas nas Olimpíadas de Tóquio. O adversário pelas quartas de final é o Japão, time da casa, e a derrota encerraria de maneira precoce a campanha dos comandados de Renan Dal Zotto no torneio.

Você acompanha as Olimpíadas de Tóquio no SporTV e em tempo real no ge. Assinantes globoplay + canais também assistem tudo ao vivo!

Uma das favoritas à briga pelo pódio, a equipe brasileira chega ao mata-mata embalada pela vitória em cinco sets sobre a França, em uma partida considerada histórica pelo recorde de pontos da soma dos dois times. Na primeira fase, o time brasileiro somou quatro triunfos e apenas uma derrota – 3 a 0 para a Rússia.

A moral elevada por uma vitória apertada também se aplica ao Japão. Os donos da casa asseguraram um lugar na fase decisiva somente depois de bater o Irã por 3 a 2, com direito a 15 a 13 no tiebreak.

O Brasil volta a encarar os japoneses depois de praticamente dois meses. No encontro mais recente, a seleção venceu os asiáticos por 3 a 0, ainda pela fase de classificação da Liga das Nações.

A competição, inclusive, catapultou o Brasil a um posto de favorito ao pódio. A seleção venceu o torneio no fim de junho e desembarcou nas Olimpíadas como equipe de destaque.

Porém, como o próprio Bruninho reconheceu, o elenco demorou a “acordar” na principal competição da temporada.

O Brasil estreou com vitória sobre a Tunísia, mas oscilou nas duas rodadas seguintes ao vencer de maneira sofrida (e de virada) a Argentina (3 a 2) e perder de maneira incontestável para o Comitê Olímpico da Rússia, que fez 3 a 0, em resultado fundamental para dar a liderança do grupo.

A derrota para os russos gerou respostas imediatas. Contra os Estados Unidos, a equipe se exibiu em alto nível e venceu de virada em quatro sets. Diante da França, na rodada final da fase classificatória, a seleção superou uma partida de quase 3 horas e bateu o forte rival em um tiebreak emocionante (20 a 18).

Principalmente pela “casca” exibida diante dos franceses, o contexto favorável das últimas rodadas eleva a confiança do elenco, como demonstrou o ponteiro Leal depois da vitória sobre a França.

– É bom não encontrar a Polônia e a Rússia nas quartas, claro. Mas a gente tem de se concentrar em manter o alto nível, que conseguimos após a derrota para a Rússia. Se a gente mantiver isso, o time que enfrentarmos… eles é que têm de ficar preocupados – declarou.

A primeira prova para o time ocorre nesta terça-feira. Se vencer o Japão, o Brasil entra na briga direta por medalha e encara quem passar de Rússia x Canadá, que entram em quadra a partir das 21h (de Brasília) desta segunda-feira.-

Confira a tabela das quartas de final:

Segunda-feira, 2 de agosto

  • Rússia x Canadá – 21h

Terça-feira, 3 de agosto

  • Brasil x Japão – 1h
  • Itália x Argentina – 5h
  • Polônia x França – 9h

Fonte: GE