• 21 de setembro de 2021 11:30 pm

Ex-catador de papel, peão de Taubaté, SP, conquista o 29° Rodeio Internacional de Barretos

Alan de Souza somou 256,75 pontos em dois dias de prova. Ele ainda venceu ação em prol do Hospital de Amor. Veja todos os campeões.

Alan de Souza, campeão da 29ª edição do Rodeio Internacional de Barretos — Foto: André Monteiro

O peão Alan de Souza, de Taubaté (SP), se sagrou campeão da 29ª edição do Rodeio Internacional de Barretos, em final realizada na noite deste domingo (29) com 30 competidores.

O título veio após Alan, que é ex-catador de papel, somar 256,75 pontos em dois dias de prova montado ao touro Rascunho, da boiada Scatolin.

“Muito feliz por ganhar aqui, pois é um rodeio almejado por muitos competidores. É um sonho ganhar Barretos e graças a Deus eu ganhei. Estou feliz e sem palavras para dizer, tamanha felicidade por essa conquista”, disse, após a conquista.

A vitória acontece três anos depois de o peão revelar ao G1 que chegou a abandonar os estudos para se dedicar 100% às competições. Irmão gêmeo de Alisson de Souza, campeão do Rodeio de Barretos em 2017, ele aproveitou para tirar uma “casquinha”.

“Eu já não aguentava mais meu irmão brincar comigo. (…) Eu falava para ele que um dia chegaria minha vez de vencer e hoje foi a minha vez.”

Este foi o segundo ano consecutivo que a edição foi transmitida ao vivo pela internet, já que o público não pôde comparecer por causa da pandemia.

Veja abaixo a atuação que rendeu a Alan o título do Rodeio Internacional de Barretos 2021:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Festa do Peão de Barretos (@festadopeaodebarretos_oficial)

Outra vitória e doação ao Hospital de Amor

Logo depois de vencer a montaria em touros, Alan de Souza participou ainda da Montaria da Vitória, uma ação organizada em prol do Hospital de Amor de Barretos.

O objetivo era desafiar por oito segundos o touro Perturbado, da Cia Bananinha, em busca do prêmio de R$ 20 mil.

Mais uma vez, o peão se saiu vencedor e doou metade do prêmio ao hospital, instituição de referência no tratamento do câncer no país.

Alan de Souza também venceu ação organizada em prol do Hospital de Amor de Barretos — Foto: André Monteiro

Mais campeões

Além da montaria em touros, campeões de outras três modalidades foram conhecidos neste domingo.

No estilo cutiano, Thiago Mega, de Barretos (SP), conquistou o título, com a nota de 90,5 montado no cavalo Lembrança.

Pelo team penning, o trio formado por Bruno Valente, Fabrício Stuk e Alisson Gouveia, de São José do Rio Preto (SP), foi campeão da categoria profissional, com o tempo de 25s594.

Na mesma modalidade, mas na categoria amador, a prova foi vencida pelo trio Caio Muzetti , de Barretos, Caio Brandão, de Batatais (SP), e Nivaldo Franco, de Campina Verde (MG).

Já nos Três TamboresAna Carolina Cardozo, de Araraquara (SP), confirmou o favoritismo e se sagrou tricampeã da categoria 1 D, a principal da modalidade. Ela já havia vencido em 2016 e 2019.

Na categoria 2 D, o título ficou com a amazona Maria Manoela Arantes, de Matão (SP). Por fim, a competidora Clara Gonçalves Silvas, de 10 anos de idade e natural de Itapagipe (MG), foi o grande nome da categoria mirim.

Thiago Mega, conquistou o título do cutiano em Barretos — Foto: André Monteiro

Fonte: G1

Deixe uma resposta