Paraguai decreta emergência nacional por incêndios no Chaco

Incêndios florestais continuam avanço no Paraguai
Incêndios florestais continuam avanço no Paraguai

Reprodução / Twitter

O governo do Paraguai decretou, nesta terça-feira (10), estado de emergência nacional nos departamentos de Alto Paraguai e Boquerón, ambos no Chaco, devido aos incêndios florestais registrados na região desde o início de agosto.

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, informou sobre a sanção do projeto de lei pelo Twitter. No domingo e ontem, ele visitou a região afetada pelos incêndios junto com funcionários da Secretaria de Emergência Nacional (SEN).

Leia também: MP do Paraguai abre investigação por incêndios florestais no Pantanal

Com a legislação sancionada hoje, o governo está autorizado a tomar as medidas emergenciais e dispor dos recursos necessários para combater os incêndios que destroem vários hectares do Chaco paraguaio desde o início de agosto.

O último relatório do SEN, com dados atualizados hoje, indica a presença de 7.853 incêndios ainda ativos no território do país. A maior parte deles está perto da fronteira com a Bolívia. As altas temperaturas e os ventos fortes atrapalham as equipes que combatem as chamas.

Segundo dados do Fundo Mundial para a Natureza (WWF), mais de 100 mil hectares foram destruídos nos incêndios registrados no Chaco paraguaio durante o mês de agosto.