Veja 5 locais para curtir a Primavera na capital de São Paulo

Casa das RosasA Casa das Rosas, localizada na Avenida Paulista, foi construída
em 1930 e abriga um museu dedicado à leitura e pesquisa. O espaço conta com um acervo
de 35 mil volumes da biblioteca do poeta, tradutor e ensaísta Haroldo de Campos.

Do lado de fora, é possível sentar em um dos bancos
colocados estrategicamente no jardim para ler, conversar ou simplesmente curtir
a beleza do espaço, que também dispõe de um café com diversas delícias e almoço.Serviço:
Endereço: Avenida
Paulista, 37 – Bela Vista – São Paulo – SP

Horário de funcionamento:
Terça à sábado, das 10 às 22h; domingos e feriados, das 10 às 18 horas.

Feira de Flores 
Marca registrada da Ceagesp (Companhia de Entrepostos e
Armazéns Gerais de São Paulo), a Feira de Flores é a maior do gênero no país.

São comercializadas entre 800 e 1 mil toneladas de flores e
plantas por semana. Por dia, circulam em média de 5 mil a 8 mil pessoas no
local.Serviço:Endereço: Pavilhão
Mercado Livre do Produtor (MLP) –  Av.
Dr. Gastão Vidigal, 1946 – Vila Leopoldina. Estacionamento pelos portões 4 e 7Horário de
funcionamento
: Terça e sexta-feira das 0h às 9h30

Jardim Botânico
O Jardim Botânico foi fundado em 1928 e tem 143 hectares
cobertos por várias espécies vegetais.

O Instituto de Botânica dispõe de uma biblioteca com cerca
de 6.400 livros e privilegiado acervo botânico.

No Museu Botânico há amostras de plantas da flora
brasileira, coleção de produtos extraídos de plantas e representações de
ecossistemas do Estado.

No conjunto arquitetônico-cultural do local destacam-se,
além do museu, duas estufas que abrigam plantas típicas da Mata Atlântica e
exposições temporárias, o Jardim de Lineu, o portão histórico de 1894, e o
marco das nascentes do riacho Ipiranga.Serviço:Endereço: Av.
Miguel Stéfano, 3687 – Água Funda – São Paulo – SPHorário de
funcionamento
: aberto de terça a domingo das 9h às 17h

Parque do Carmo
O Parque do Carmo, localizado na zona leste da capital, é conhecido
pela Festa das Cerejeiras, que é promovida quando as árvores florescem e tomam
toda a paisagem do local, em agosto. Mesmo sem o espetáculo das cerejeiras, o
parque tem mais de 6 mil árvores com flores para apreciar durante toda a
estação.
Serviço:

Endereço: Av.
Afonso de Sampaio e Sousa, 951 – Itaquera
Horário de
funcionamento
: das 5h30 às 20h

Parque do Ibirapuera 
Reduto dos paulistanos, o Ibirapuera é o mais importante
parque urbano de São Paulo. Seus três lagos artificiais são interligados e
ocupam 1,6 milhão de m2.

O parque possui ciclovia, 13 quadras iluminadas, pistas de
corrida, passeio e descanso e áreas abertas para shows.

Abriga prédios públicos, museus, planetário, o prédio da
Bienal, ginásio de esportes, Museu do Presépio, Museu da Aeronáutica e do
Folclore, o Obelisco (link), o Monumento às Bandeiras (link) e o Pavilhão
Japonês.

Serviço:

Endereço: Av.
Pedro Álvares Cabral, s/n – Vila Mariana

Funcionamento:

– Portões: 2, 3, 5 e 10: das 5h às 00h.

– Portões: 4, 6 e 9: das 5h às 22h.

– Portões: 7, 8 e 9-A: das 6h às 20h.

– Portão: 7-A: das 7h às 17h.

Aos sábados:

Portões de acesso a veículos fecham às 22h; todos os
veículos no interior do Parque devem sair até meia noite, exceto credenciados.

Portões de acesso de pedestres fecham às 22h, exceto os
portões 02 e 10, com livre acesso 24h.

Ciclofaixa de lazer – circuito zona Oeste e circuito
Paulista Centro funciona aos domingos e feriados, das 7h às 16h.