• 24 de junho de 2021 2:08 am

CPI da Covid AO VIVO: Ernesto Araújo diz que não fez declarações “anti-China”; Omar contesta ex-ministro

ByClayton Lima

maio 18, 2021

O ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo afirmou na CPI da Covid nesta terça-feira (18) que jamais promoveu nenhum “atrito” com a China.

Resumo depoimento ex-chanceler Ernesto Araújo a CPI da Covid:

  • Ernesto Araújo negou que tenha feito declarações antichinesas “Jamais promovi atrito com a China”; veja trechos do depoimento.

  • Na sequência, o ex-chanceler foi acusado de mentir pelo presidente da CPI: “Está faltando com a verdade”. Em abril de 2020, Araújo chamou o coronavírus de comunavírus.

  • Ex-chanceler afirmou que partiu do Ministério da Saúde a decisão de aderir à quantidade mínima de doses no Covax.

  • Araújo disse que o Itamaraty buscou insumos para a cloroquina no exterior e citou participação de Bolsonaro.

  • CPI vai encaminhar à PF um conjunto de ameaças recebido por membros da comissão.

O ex-ministro foi questionado pelo relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), se a postura do governo brasileiro em relação à China tem prejudicado obtenção de vacinas e insumos para os imunizantes.

“Jamais promovi nenhum atrito com a China, seja antes seja durante pandemia, de modo que o resultado que obtivemos na consecução de vacinas e outros aspectos decorre de uma politica externa de acordo com nossos objetivos, mas não era de alinhamento aos Estados Unidos nem de enfrentamos com a China”, afirmou Araújo.

Este é o sétimo dia de depoimentos na CPI. A comissão apura ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia de Covid e eventual desvio de verbas federais enviadas a estados e municípios.

Na condição de testemunha, como é o caso de Ernesto, o depoente se compromete a dizer a verdade, sob o risco de incorrer no crime de falso testemunho.

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), acusou o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo de mentir no depoimento à comissão

Aziz interrompeu as perguntas que o relator fazia para Ernesto. O presidente quis alertar o ex-ministro que ele deveria falar somente a verdade na CPI. Para Aziz, Ernesto se desviou desse propósito quando disse que não promoveu nenhum atrito com a China.

“Na minha análise pessoal, vossa excelência está faltando com a verdade. Eu peço a vossa excelência que não faça isso”, disse Aziz.

Presidente da CPI diz que Ernesto Araújo ‘faltou com a verdade’ no depoimento à comissão

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), acusou o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo de mentir no depoimento à comissão, nesta terça-feira (18).

Aziz interrompeu as perguntas que o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), fazia para Ernesto. O presidente quis alertar o ex-ministro que ele deveria falar somente a verdade na CPI. Para Aziz, Ernesto se desviou desse propósito quando disse que não promoveu nenhum atrito com a China.

“Na minha análise pessoal, vossa excelência está faltando com a verdade. Eu peço a vossa excelência que não faça isso”, disse Aziz.

Este é o sétimo dia de depoimentos na CPI. A comissão apura ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia de Covid e eventual desvio de verbas federais enviadas a estados e municípios.

Na condição de testemunha, como é o caso de Ernesto, o depoente se compromete a dizer a verdade, sob o risco de incorrer no crime de falso testemunho.

AO VIVO: Ernesto Araújo depõe na CPI da COVID

Fonte: g1

Deixe uma resposta