Fora do BBB 2021, Sarah afirma que está triste por ter desconfiado de sister

Eliminada do BBB 2021 na última terça-feira (30), Sarah voltou a falar sobre o fim do G3 e a relação com Juliette. A consultora de marketing participou do programa A Eliminação, no Multishow, nesta quarta-feira (31).

Em conversa com Vivian Amorim e Bruno de Luca, a ex-sister admitiu que errou com a paraibana dentro da casa.

“Eu não vou me defender, falei mesmo aquelas coisas lá, porque eu pensava sim aquelas coisas quando dentro do programa, lá eu não tinha câmera por tudo que é lado, eu estava sentindo aquilo, estaria sendo injusta comigo mesma se eu não desconfiasse de alguma coisa ali (…) Errei, errei gente, isso é normal, todo mundo erra”, disse.

A brasiliense, então, falou da ruptura do G3, formado por ela, Gilberto e Juliette. A loira destacou que não se lembra exatamente quando começou a duvidar da advogada. “Eu tenho que assistir tudo agora para entender o que aconteceu, aonde foi o meu erro”, apontou.

“Está me cortando o coração. Eu tô vendo que eu julguei a Juliette sendo que tinha pessoas fazendo coisas comigo que eu não tinha ideia”, comentou a consultora de marketing sobre como está se sentindo em relação à ex-colega de confinamento.

Sarah já havia comentado sobre Juliette no Mais Você. Logo no começo do programa, a agora ex-BBB falou sobre o economista: “Éramos um grupo muito unido. Mas se eu não tivesse feito o que fiz, não tinha sido verdadeira. Errei tentando acertar. Ele [Gil] acha que acabei saindo pelo voto dele no Rodolffo. Só queria abraçar esse menino e dizer calma. A única pessoa errada foi eu. Tô aqui torcendo por ele, dói muito ver ele sofrendo”.

“Esse negócio da Juliette partiu de mim, não dele. Eu falava minhas opiniões para ele, depois nele passou pensar alguma coisa. Por uma opinião minha, posso ter prejudicado ele, me dói muito. Acho que eles dois vão se entender“, ressaltou ela.

Sobre a paraibana, Sarah declarou: “Foi uma coisa que senti. Tudo que a gente falava, e não só eu, ela dava um jeito de rodear e puxar para ela. Não precisamos comparar tudo com o que aconteceu na nossa vida. Ela sempre dava um jeito de rodear e dar um exemplo dela”.

“Pode ser um jeito dela e julguei errado. pode não ter sido sem maldade. Mas em um jogo a gente desconfia. Hoje eu tô destruída porque eu julguei ela e deveria desconfiar de outros. Teve momentos que ela e Gil estavam igual”, ressaltou.

 

%d blogueiros gostam disto: