Assistir GP da Toscana de Formula 1 AO VIVO Online | Globo e GE.Com

A TV Globo irá exibir amanhã o Grande Prêmio da Toscana de Fórmula 1, na Itália, às 10h10 (de Brasília). É a primeira vez que será disputada, pela F-1, uma corrida no Circuito de Mugello, que pertence à Ferrari e está localizado a 30 quilômetros de Florença.

A escuderia italiana, equipe mais tradicional da categoria, chega a mil grandes prêmios disputados. A marca histórica não poderia ser comemorada em um local melhor do que a sua própria casa.

Para esse momento especial, a equipe mudou a cor de sua SF1000 para um tom mais escuro de vermelho, como em seu primeiro GP disputado, em Mônaco, na primeira temporada da F-1 em 1950. Charles Leclerc e Sebastian Vettel também terão macacões e capacetes personalizados para a ocasião.

GP da Toscana de Fórmula 1

Data e horário: domingo (13/09), às 10h10 (de Brasília)
Onde assistir: TV Globo e online no site do Globo Esporte

Campeonato de pilotos e construtores

Lewis Hamilton lidera o campeonato com 164 pontos. Valteri Bottas, também da Mercedes, aparece em segundo lugar com 117. Max Verstappen, da Red Bull, está na terceira posição com 110.

Em quarto está Stroll, com 57 pontos, e em quinto, com a mesma pontuação, Lando Norris, da McLaren.

Pelos construtores, a Mercedes lidera com 281 pontos. Os alemães são seguidos pela Red Bull, com 158. A McLaren ocupa a terceira posição, com 98.

A Racing Point está em quarto com 82 pontos. A Renault vem em quinto com 71.

Como foi o último GP, em Monza

Pierre Gasly, piloto da Alpha Tauri, conquistou sua primeira vitória na F-1 durante o GP da Itália, no Circuito de Monza, no último domingo (6). A última vitória de um francês na categoria tinha sido com Oliver Panis, no GP de Mônaco, em 1996. Carlos Sainz Jr, da McLaren, chegou em segundo e Lance Stroll, da Racing Point, completou o pódio em terceiro.

O hexacampeão Lewis Hamilton liderava a prova até a volta 25. Porém, a corrida mudou após o inglês entrar nos boxes enquanto estavam fechados, em função da bandeira amarela que sinalizava a redução de velocidade devido à quebra da Haas de Kevin Magnussen.

Logo após o acontecimento, houve uma forte batida de Leclerc na curva Parabólica, desmontado a barreira de pneus. Pela gravidade do acidente, foi dada a bandeira vermelha e a prova ficou paralisada para reorganização da área afetada.

Após o retorno, Hamilton foi punido com 10 segundos de parada obrigatória pela falta cometida. Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, que também entrou irregularmente nos boxes, pagou da mesma maneira.

Pela Ferrari, os resultados ruins continuaram. Além do abandono de Leclerc, Vettel teve um grave problema nos freios e deixou a prova na oitava volta.

Fonte: Noticias da TV

%d blogueiros gostam disto: