Empresário de Lincoln critica o Flamengo, que rebaixou o atacante para o sub-20

Flamengo tomou medidas duras após Lincoln se recusar a atuar no Sub-20. Nesta quinta-feira (3), o atacante – que está a poucos dias de fazer 20 anos – decidiu se apresentar ao clube mas não aceitou o retrocesso. Como resposta, a diretoria lhe deu uma advertência e o mandou de volta para casa.

De acordo com o jornal O Dia, Lincoln foi informado que deveria viajar com a equipe sub-20, apesar de já estar integrado ao elenco principal há três temporadas. A situação deixou o atacante, que completa 20 anos no próximo dia 16 de dezembro, contrariado.

Fontes próximas ao atacante disse que não tem sentido fazê-lo descer de categoria no momento, por isso se recusou a reforçar a equipe sub-20 que perdeu para o Bahia, fora de casa, nesta quinta, por 1 a 0. Contudo, a atitude acabou desagradando a diretoria do Flamengo, que o mandou para casa sem treinar.

Empresário de Lincoln critica descida do atacante ao sub-20

Empresário de Lincoln critica descida do atacante ao sub-20
Empresário de Lincoln critica descida do atacante ao sub-20. (Imagem: Divulgação)

A assessoria de imprensa de Lincoln informou que ele “resolveu acatar a decisão de treinar com o sub-20, em respeito às pessoas e ao Departamento de Base que sempre o respeitou e o deu carinho”. Mas o empresário do atacante, Victtão Remiro, declarou que a atitude da direção rubro-negra foi um “desrespeito” com o jogador.

Achei um desrespeito do departamento de futebol profissional o Lincoln ter descido para treinar com a base. Esse é o primeiro ponto. Mas colocando tudo em um contexto geral, desceu para treinar lá por respeito ao departamento da base, por todo carinho que teve enquanto jogou lá. Mas não seremos hipócritas, isso desvaloriza o próprio ativo do clube.

Outro ponto importante: lembrar que ele está no time profissional há três anos. Nunca desceu para jogar na base nesse período. Vai descer justamente agora, faltando quase duas semanas para completar 20 anos? Mas volto a repetir, em respeito ao departamento da base do Flamengo, às pessoas que comandam a base do clube, que sempre tiveram carinho, deram suporte e confiança ao jogador, o atleta resolveu descer – falou Remiro, agente de Lincoln.

Propostas pelo atacante

Com a busca por recursos causadas pelas eliminações na Copa do Brasil e na Conmebol Libertadores, Lincoln acabou se tornando um dos nomes que pode deixar o Flamengo nos próximos meses. O clube enxerga no atacante um potencial ganho no mercado.

O Flamengo já havia recebido uma oferta oficial do Pafos, do Chipre, que sugeriu pouco mais de R$ 20 milhões por 75% dos direitos do atleta. Lincoln e seus representantes, no entanto, preferem aguardar a próxima janela europeia em busca de uma oportunidade esportiva melhor.

Além disso, o atacante também já foi sondado pelo City Football Group, donos do Manchester City e várias outras equipes pelo mundo, mas o Flamengo não estava interessado na época.

O post Empresário de Lincoln critica o Flamengo, que rebaixou o atacante para o sub-20 apareceu primeiro em A Folha Hoje.

%d blogueiros gostam disto: