• 22 de outubro de 2021 6:01 am

Fortaleza vence São Paulo por 3 a 1 e garante vaga inédita na semifinal da Copa do Brasil; veja os gols

Com gols de Ronald, Ángelo Henríquez e David, Leão bate equipe paulista no Castelão, avança pela primeira vez à penúltima fase do torneio nacional e fatura premiação de R$ 7,3 milhões

FORTALEZA, CE, BRASIL, 15-09.2021: Ronald. Fortaleza x São Paulo, pela Copa do Brasil nas quartas de finais na Arena Castelão. em epoca de COVID-19. (Foto:Aurelio Alves/ Jornal O POVO)(foto: Aurelio Alves)

Superior em campo, o Fortaleza venceu o São Paulo por 3 a 1, na noite desta quarta-feira, 15, na Arena Castelão, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, e conquistou classificação inédita para a semifinal do torneio, embolsando premiação de R$ 7,3 milhões.

O gols do confronto foram marcados por Ronald, Ángelo Henríquez e David, para os donos da casa, e Gabriel Sara, para os visitantes. Com o empate em 2 a 2 no duelo de ida, no Morumbi, o Leão avança pela primeira vez na história à penúltima fase do mata-mata nacional com o triunfo, figurando entre as quatro melhores equipes. O resultado ainda rende nova cota milionária aos cofres do clube, que já tinha arrecadado quase R$ 10 milhões.

Classificado, o Tricolor de Aço enfrentará o Atlético-MG na próxima fase do torneio – o Galo superou o Fluminense-RJ nas quartas de final. Pelo Campeonato Brasileiro, a equipe do Pici volta a campo diante do Internacional-RS no próximo domingo, 19, às 11 horas, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 21ª rodada.

O jogo

Ainda sem contar com o volante Felipe, com entorse no tornozelo direito, o técnico Juan Pablo Vojvoda escalou Matheus Jussa na zaga e deu vez a Ronald no meio-campo. Romarinho, Edinho e Wellington Paulista também entraram na equipe e deram nova formação ao setor ofensivo.

Em busca da retomada das vitórias, o Fortaleza voltou a mostrar intensidade e ofensividade desde os primeiros minutos, criando chances reais de balançar as redes antes de marcar o gol. Logo aos sete minutos, em cobrança de escanteio ensaiada, Lucas Crispim tabelou com Romarinho e deu belo lançamento para Yago Pikachu, que recebeu livre na pequena área e emendou de primeira à direita de Tiago Volpi, com perigo.

Três minutos depois, em novo lance pelo lado esquerdo, Romarinho tocou para Tinga, que cruzou rasteiro, Wellington Paulista escorou, e Pikachu apareceu novamente para arrematar à esquerda da meta paulista. O São Paulo, que até então só tinha arriscado em finalização sem perigo de Eder, teve boa oportunidade ao Rigoni receber passe em profundidade de Miranda, aos 19 minutos, e chutar forte rasteiro para defesa de Felipe Alves.

Na sequência do lance, o Leão abriu o placar: em saída errada dos visitantes, Ronald roubou a bola no campo de ataque, ajeitou e encheu o pé de fora da área para abrir o placar em falha de Tiago Volpi, que viu a bola passar por baixo dos braços. O tento deu maior tranquilidade aos donos da casa, que passaram a contar as investidas do time do Morumbi para tentar explorar contra-ataques.

Aos 24 minutos, Rigoni recebeu lançamento de Benítez no lado esquerdo, puxou para o meio e bateu forte por cima do gol. Dois minutos depois, foi a vez de Romarinho arriscar finalização para fora. Aos 45, Benítez recebeu passe na entrada da área e achou Nestor na ponta direita. O volante cruzou rasteiro, Rigoni desviou fraco de letra e Felipe Alves ficou com a bola.

Na volta do intervalo, as duas equipes tiveram alterações para o segundo tempo, mas sem mudança no cenário do jogo: o São Paulo com maior posse de bola e dificuldade para furar o bloqueio do Fortaleza, que tentava administrar a vantagem e aproveitar a velocidade nos contragolpes.

Aos 16 minutos, Benítez fez jogada individual e tocou para Nestor, que bateu por cima do gol da entrada da área. No minuto seguinte, David recebeu lançamento de Tinga na ponta esquerda da área, arrematou de primeira, a bola desviou em Arboleda e saiu para escanteio.

Aos 20, Ronald recebeu bola no lado esquerdo, bateu forte cruzado, Tiago Volpi espalmou, e Tinga emendou no rebote para balançar as redes. A arbitragem, no entanto, apontou impedimento de Wellington Paulista no lance para anular o gol. A decisão foi ratificada em revisão do VAR.

O Leão chegou outra vez ao ataque aos 25, quando Éderson partiu com a bola da intermediária em contra-ataque, invadiu a área e chutou forte cruzado para defesa de Tiago Volpi, que desviou com a ponta dos dedos para mandar para fora.

O Tricolor do Pici carimbou a classificação nos minutos finais do duelo: aos 37, David recebeu passe de Yago Pikachu no lado direito, avançou e cruzou na medida para Ángelo Henríquez mergulhar e cabecear na saída de Tiago Volpi para fazer 2 a 0 e selar a vaga inédita na semifinal da Copa do Brasil. Ainda sobrou tempo para ampliar: aos 46, David recebeu lançamento de Titi no mano a mano com Arboleda, fintou, invadiu a área e bateu rasteiro na saída de Volpi para selar a vaga inédita na semifinal da Copa do Brasil.

Aos 49, Reinaldo cobrou falta cruzada direto para o gol, Felipe Alves espalmou, Pablo bateu no rebote, a defesa deu nova sobra, e Gabriel Sara emendou de primeira para diminuir o placar.

Fonte: O Povo Online

 

Deixe uma resposta