• 31 de julho de 2021 3:49 am

Inglaterra passa pela Dinamarca e vai encarar a Itália em final inédita da Eurocopa

Com gol de Harry Kane na prorrogação, a Inglaterra venceu a Dinamarca por 2 a 1 e se classificou para a final da Eurocopa pela primeira vez na história. No tempo normal, o jogo ficou empatado por 1 a 1: Damsgaard abriu o placar pelos dinamarqueses, mas viu o zagueiro Kjaer marcar contra e igualar tudo. O duelo da semifinal aconteceu nesta quarta-feira (7) e contou com um público de 64.950 pessoas em Wembley.

O triunfo inglês só saiu após muita pressão. Sterling foi caiu na área e o juiz marcou a penalidade, apesar do atacante ter forçado a queda. O goleiro Schmeichel defendeu o chute de Harry Kane, mas o atacante do Tottenham não desperdiçou o rebote e marcou o gol histórico que coroa o trabalho de recuperação do futebol inglês, que viveu o auge na década de 60.

Vale lembrar que essa será a primeira vez que os ingleses vão brigar pelo título enquanto a Itália já conquistou o torneio em 1968 e luta pelo bicampeonato após eliminar a Espanha na semi.

A final da Eurocopa entre Inglaterra e Itália acontece no próximo domingo (11), às 16h (horário de Brasília), em Wembley.

A partida foi bastante equilibrada no primeiro tempo. Em cobrança de falta, Damsgaard acertou belo chute e abriu o placar. No entanto, o empate saiu aos 38 minutos. Harry Kane deu excelente passe para Saka, que cruzou rasteiro. Sterling ia completar para o gol vazio, mas Kjaer tentou se antecipar e acabou mandando contra.

Na etapa final, a Dinamarca suportou bem o sufoco dos ingleses. Nos lances mais periogosos, Schmeichel cortou o cruzamento periogoso de Mount, Phillips bateu pela linha de fundo e Kane não conseguiu finalizar o cruzamento de Grealish.

FICHA TÉCNICA – INGLATERRA 2 x 1 DINAMARCA

Data, horário e local: quarta-feira (07/07/2021), às 16h (horário de Brasília), no Wembley, em Londres, na Inglaterra.

Gols: Damsgaard (DIN); Kjaer (contra) e Karry Kane (ING).

Cartões amarelos: Maguire (ING); Wass (DIN).

Inglaterra: Pickford; Walker, Maguire, Stones e Luke Shaw; Phillips, Rice (Henderson) e Mount (Foden); Saka (Grealish – Trippier), Sterling e Harry Kane. Técnico: Gareth Southgate.

Dinamarca: Schmeichel; Christensen (Andersen), Kjaer e Vestergaard (Wind); Stryger (Wass), Hojbjerg, Delaney (Jensen) e Maehle; Braithwaite, Dolberg (Nörgaard) e Damsgaard (Poulsen). Técnico: Kasper Hjulmand.

Fonte: Paraná Portal

 

Deixe uma resposta