Parques da capital paulista registram movimento intenso em final de semana de transição do Plano SP

Desde sábado (1), comércio e serviços podem funcionar por mais horas por dia. Apesar de horário de funcionamento de parques não ter sido alterado na fase de transição do Plano SP, Parque Ibirapuera e Minhocão ficaram cheios.

Parque Minhocão, na região central da capital, registrou movimento intenso neste domingo (2) — Foto: Rodrigo Rodrigues/G1

Parques da cidade de São Paulo registraram movimento intenso na manhã deste domingo (2), apesar do horário de funcionamento não ter sido alterado na fase de transição do Plano SP, iniciada no sábado (1). Os parques continuam a ter autorização para funcionar das 6h às 18h.

Na fase de transição, comércio e serviços podem funcionar por mais horas por dia. Estabelecimentos comerciais podem funcionar das 6h às 20h a partir deste sábado (1) e foram recomendados a receber apenas 25% do público máximo. Antes, horário era das 11h às 19h.

O Parque Minhocão, localizado no Elevado João Goulart, na região central da capital, teve grande movimentação na manhã deste domingo (2). Muitas pessoas circulavam pelo local a pé ou de bicicleta, a maioria usando máscara de proteção.

No sábado (1), quando o Minhocão passou a a receber bancos de madeira em caráter experimental aos finais de semana e feriados, o movimento também foi intenso. Muitos jovens sem máscara aproveitaram os bancos sem respeitar o distanciamento social. O Minhocão também ganhou dois dos oito acessos prometidos pela gestão municipal.

O elevado é fechado para o tráfego de veículos aos fins de semana e feriados durante todo o dia e, em dias úteis, das 20h às 7h.

Parque Minhocão, na região central da capital, registrou movimento intenso neste domingo (2) — Foto: Rodrigo Rodrigues/G1

O Parque Ibirapuera, na Zona Sul de São Paulo, também registrou movimento intenso no primeiro final de semana de maior flexibilização. Desde sábado, (1), o parque já registrava movimento intenso às 8h, com pessoas praticando atividade física como bicicleta e corrida. A maioria das pessoas utilizava máscara de proteção, seguindo os protocolos recomendados pelas autoridades de saúde.

A movimentação voltou a se repetir nesse domingo (2), com a presença de ciclistas e mais pessoas praticando atividade física.

Um decreto estadual de 2 de julho tornou o uso de máscara de proteção obrigatório em espaços públicos e particulares de uso comum em todo o estado de São Paulo. A multa para quem desrespeitar a regra é de R$ 524.

Movimentação intensa no Parque do Ibirapuera, na cidade de São Paulo, SP, neste domingo, 02. — Foto: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: G1

%d blogueiros gostam disto: