Bundesliga deve receber preço menor pelos direitos de TV domésticos

<p>MUNIQUE (Reuters) – A Bundesliga, responsável pelas duas principais divisões do Campeonato Alemão, concederá, na segunda-feira, os direitos de transmissão domésticos por quatro temporadas a partir de 2021/22 por um valor que deve ser menor do que o acordo anterior.</p>
<p>A emissora fechada Sky, do grupo americano Comcast Corp CMCSA.O, deve continuar sendo a principal cliente, com o serviço de streaming DAZN também garantindo um bom número de partidas, segundo fontes próximos ao assunto.</p>
<p>A Amazon AMZN.O, que transmitiu alguns jogos da Bundesliga depois que a temporada foi retomada com portões fechados, não deve ter um papel importante no leilão.</p>
<p>Os contratos serão acompanhados de perto porque serão a primeira grande venda de direitos de transmissão do futebol desde que o novo coronavírus interrompeu as principais ligas europeias.</p>
<p>O atual acordo de quatro anos, válido até o final da próxima temporada, rendeu 4,64 bilhões de euros (R$ 27 bilhões), aumento de 85% em relação ao contrato anterior. Refere-se a direitos de TV, rádio e internet dos 36 clubes nas duas primeiras divisões da Alemanha.</p>
<p>Uma fonte próxima ao assunto disse que os direitos devem ser cedidos por aproximadamente 4,3 bilhões (R$ 25 bilhões) sob o novo acordo. A revista alemã Kicker coloca o valor entre 4,2 e 4,4 bilhões de euros.</p>
<p>A Bundesliga foi a primeira grande liga europeia a retomar suas partidas após a interrupção causada pelo novo coronavírus. O Bayern de Munique acabou de ser coroado campeão pela oitava temporada consecutiva.</p>
<p>Partidas com portões fechados é uma faca de dois gumes para as emissoras. Por um lado, os torcedores dependem das televisões para verem o seu time, mas os estádios vazios, sem o vibrante clima da partida, tornam o jogo um espetáculo menor para os torcedores de poltrona.</p>
<p></p>
<p>($1 = 0.8949 euros)</p>
<p></p>
<p>(Reportagem de Alexander Huebner)</p>

%d blogueiros gostam disto: