Após temperatura recorde, Rio tem previsão de vendaval e frente fria

Apesar das temperaturas terem diminuído um pouco neste sábado (3), após o recorde de 43,6° Celsius (ºC) registrado ontem (2) pelo Alerta Rio em Irajá, na zona norte, muitos cariocas aproveitaram o tempo bom para ir à praia. A orla de Copacabana estava bastante movimentada no fim da manhã de hoje e praticantes de kitesurf aproveitaram o vento forte no Leblon, local que não costuma ver as pipas do esporte.

Cariocas aproveitam manhã sábado com  calor para se refrescar na praia do Leblon

Cariocas aproveitam manhã sábado com calor para se refrescar na praia do Leblon – Fernando Frazão/Agência Brasil

O Instituto Nacional de Meteorologia publicou um alerta de vendaval para o litoral do Rio de Janeiro, com previsão de ventos entre 40 quilômetros por hor (km/h) e 60 km/h desde a zero hora de hoje. Segundo o Alerta Rio, uma frente fria se aproxima da cidade, deixando o céu nublado a encoberto na tarde hoje, com previsão de chuva fraca a moderada e temperatura variando de 19ºC a 33ºC.

Amanhã (4), o céu permanece encoberto, com chuva fraca a moderada, isolada, ao longo do dia. Os ventos estarão moderados e a temperatura segue em declínio, variando de 18ºC a 27ºC. A Marinha emitiu um aviso de ressaca, com a possibilidade de ondas de até 2,5 metros de altura atingirem a orla da cidade a partir das 9h de domingo até as 21h de segunda-feira (5).

Na segunda-feira (5) há possibilidade de chuva fraca a moderada durante a noite, com ventos moderados e redução de nebulosidade. A previsão do Alerta Rio é que a temperatura volte a subir, com mínima de 18ºC e máxima de 31ºC. Na terça-feira (6), um sistema de alta pressão deixará o tempo estável no Rio de Janeiro, sem previsão de chuva e as temperaturas subindo para mínima de 20ºC e máxima de 36ºC.

O banho de mar e a prática de esportes na areia estão permitidos, de acordo com as normas de flexibilização das medidas restritivas impostas desde março por causa da pandemia de covid-19. Porém, a permanência na areia continua proibida, medida que vem sendo desrespeitada pelos banhistas. Também não estão autorizados a venda de bebidas alcoólicas, a preparação de alimentos e o aluguel de cadeiras e barracas.

%d blogueiros gostam disto: