• 31 de julho de 2021 3:08 am

Omar Aziz dá voz de prisão a Roberto Dias por mentir na CPI da Covid

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), deu ordem de prisão ao ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, sob a acusação de mentir à comissão. Ele é o primeiro depoente a ser detido pela CPI.

O ex-diretor de logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias afirmou à CPI da Covid que as negociações para a compra de vacinas estavam “restritas” à secretaria-executiva da pasta e não tinham relação com o departamento onde trabalhou.

No entanto, Dias se contradisse ao afirmar que não negociava vacina, mas confirmar que recebeu e-mail da empresa que ofereceu o vacina indiana Covaxin. Dias foi exonerado do cargo logo após a denúncia de um suposto pedido de propina se tornar pública, além de ter sido acusado de pressionar de maneira ‘atípica’ a compra da vacina indiana Covaxin.

Alertas

Mais cedo, Aziz já havia alertado o Dias sobre suas declarações à CPI. “Nós queremos só a verdade. Estou lhe dando fatos que tenho conhecimento e a CPI tem conhecimento, para que Vossa Excelência possa se defender. Senão, sempre vai arrebentar a corda no mais fraco”, disse o senador.

“Estou tentando lhe ajudar, estou sendo sincero com você. Agora, Vossa Excelência chegar aqui e dizer que saiu [do Ministério da Saúde], não sabe por quê; lhe tiraram poderes no seu departamento, não sabe por quê; demitiram duas pessoas que trabalhavam diretamente com o senhor, o senhor não sabe por quê”.

A advogada que acompanha o depoente protestou, assim como alguns senadores, que insistiram que Aziz desse tempo para Dias se “retratar” das supostas alegações falsas à CPI. A sessão foi encerrada.

Fonte: Toda Hora

 

Deixe uma resposta