Black Friday já se tornou uma data tradicional no comércio do Brasil

Aguardada por comerciantes e clientes, a Black Friday acontece na próxima sexta-feira, dia 26 de novembro, e promete trazer descontos em diversos segmentos no varejo e em serviços. É uma boa oportunidade para quem estava querendo comprar com preço baixo e para quem precisa vender.

Apesar da data ser na sexta-feira, os consumidores já podem aproveitar descontos com antecedência, em compras online. De acordo com a InfoMoney, um levantamento da Promobit, uma plataforma especializada em promoções e descontos, muitas promoções já estarão disponíveis a partir das 18h desta quinta-feira (25), véspera da “Sexta-Feira Negra”.

Ainda de acordo com a pesquisa, muitas promoções só vão surgir na madrugada de sexta-feira, mas que o volume será menos de 1/3 menor do que todas as ofertas divulgadas já na quinta-feira. Os dados levam em conta o que aconteceu nas três últimas edições da Black Friday.


Melhores horários por categoria

De acordo com a Promobit, os melhores horários para encontrar promoções são:

  • Moda feminina: Entre 21h e 22h da quinta, além de um novo pico às 21h da sexta-feira.
  • Moda masculina: Manhã e noite de quinta-feira
  • Smartphones: Entre 23h de quinta-feira e 2h da madrugada de sexta-feira.
  • TV, fones de ouvido e caixas de som: A partir das 22h da quinta-feira e primeiras horas da sexta.
  • Eletrodoméstico: Não há definição de horário.
  • Games: bastante imprevisível.

Antecipação da Black Friday

“Antecipar as ofertas é uma estratégia usada pelas varejistas para trabalhar a marca, reativar a base e fugir um pouco daquela concorrência pesada”, comentou Fabio Carneiro, CEO do Promobit.

“Devido à escassez de produtos para se fabricar determinados itens, ao dólar elevado e à inflação, o consumidor não vai achar preços tão melhores que viu no início do ano. Vale pesquisar a variação de preço do item desejado dos últimos três meses para não se frustrar “, recomenda Carneiro.

Fonte: Rádio Jornal